Conecte-se Conosco

Brasil

‘O luto é normal’, diz Drica Moraes sobre os ‘órfãos de ‘Pantanal’

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Após um hiato de sete anos (a última trama foi “Verdades Secretas”), Drica Moraes, 52, está de volta às novelas. Mãe de Ari (Chay Suede), Núbia é o nome da personagem da atriz, que assumiu não estar tão preocupada com os possíveis “órfãos de Pantanal” em rejeitar “Travessia” (Globo).

“O luto é normal de uma obra para outra. Existe ainda mais depois de um sucesso estrondoso. Mas isso é um problema do público e não meu. Da minha parte e acredito de todo elenco tem muita alegria e dedicação. As pessoas precisam se abrir para o novo. Sempre.”

Drica é do time que defende a personagem e descarta o rótulo de vilã. “Ela é uma mãe que quer o melhor para o filho. Esse melhor para ela é uma questão de ter, de conquistar bens materiais e aí nesse sentido de ver o herdeiro bem, ela pratica alguns atos vistos e considerados como antagonistas”, observa ela.

“O negócio dela é a segurança. Coisa que ela nunca teve na vida. A Núbia é uma sobrevivente. Como várias mul..

Publicado

em

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Após um hiato de sete anos (a última trama foi "Verdades Secretas"), Drica Moraes, 52, está de volta às novelas. Mãe de Ari (Chay Suede), Núbia é o nome da personagem da atriz, que assumiu não estar tão preocupada com os possíveis "órfãos de Pantanal" em rejeitar "Travessia" (Globo).

"O luto é normal de uma obra para outra. Existe ainda mais depois de um sucesso estrondoso. Mas isso é um problema do público e não meu. Da minha parte e acredito de todo elenco tem muita alegria e dedicação. As pessoas precisam se abrir para o novo. Sempre."

Drica é do time que defende a personagem e descarta o rótulo de vilã. "Ela é uma mãe que quer o melhor para o filho. Esse melhor para ela é uma questão de ter, de conquistar bens materiais e aí nesse sentido de ver o herdeiro bem, ela pratica alguns atos vistos e considerados como antagonistas", observa ela.

"O negócio dela é a segurança. Coisa que ela nunca teve na vida. A Núbia é uma sobrevivente. Como várias mulheres neste país", disse durante a coletiva da novela de Glória Perez, nesta terça-feira (4).

Drica assumiu que depois de atuar um bom tempo em série estava com saudades de fazer uma novela. "Adoro a agilidade que se tem ao gravar uma novela. O improviso, o jogo de cintura em cena. Me fascinam."

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Tendência