Conecte-se Conosco

Esporte

Ucrânia se junta a Espanha e Portugal em candidatura para receber Copa de 2030

As federações de futebol da Espanha e de Portugal surpreenderam nesta quarta-feira ao anunciarem que a Ucrânia se juntou aos dois países na candidatura para receber a Copa do Mundo de 2030. O projeto de sede tripla do Mundial conta com o “apoio incondicional” da Uefa.O anúncio oficial foi feito em entrevista coletiva na sede da Uefa, na cidade suíça de Nyon. O presidente da entidade responsável pelo futebol europeu, Aleksander Ceferin, e o secretário-geral Theodore Theodoridis estiveram presentes no evento, encabeçado pelo presidente da federação portuguesa, Fernando Soares Gomes da Silva, pelo mandatário da Real Federação de Futebol da Espanha, Luis Rubiales, e pelo presidente da federação ucraniana, Andriy Pavelko.
“O exemplo de tenacidade e resiliência dado pelo povo ucraniano é inspirador. Esta proposta visa contribuir através do poder do futebol para a recuperação de um país em fase de reconstrução”, afirmou a Federação Portuguesa de Futebol, em comunicado. “Acreditamos que a fam..

Publicado

em

As federações de futebol da Espanha e de Portugal surpreenderam nesta quarta-feira ao anunciarem que a Ucrânia se juntou aos dois países na candidatura para receber a Copa do Mundo de 2030. O projeto de sede tripla do Mundial conta com o "apoio incondicional" da Uefa.

O anúncio oficial foi feito em entrevista coletiva na sede da Uefa, na cidade suíça de Nyon. O presidente da entidade responsável pelo futebol europeu, Aleksander Ceferin, e o secretário-geral Theodore Theodoridis estiveram presentes no evento, encabeçado pelo presidente da federação portuguesa, Fernando Soares Gomes da Silva, pelo mandatário da Real Federação de Futebol da Espanha, Luis Rubiales, e pelo presidente da federação ucraniana, Andriy Pavelko.

"O exemplo de tenacidade e resiliência dado pelo povo ucraniano é inspirador. Esta proposta visa contribuir através do poder do futebol para a recuperação de um país em fase de reconstrução", afirmou a Federação Portuguesa de Futebol, em comunicado. "Acreditamos que a família do futebol mundial irá apoiar esta iniciativa."

Os três dirigentes não deram detalhes de como será a participação da Ucrânia na Copa de 2030, se a candidatura europeia vencer a disputa. "Os termos da adesão da Ucrânia à candidatura serão discutidos e definidos no devido tempo. A comissão coordenadora do Mundial 2030, liderada por António Laranjo, passará a incluir representantes da delegação ucraniana", disse a federação portuguesa.

Mas as três federações indicaram que não haverá maiores mudanças nos planos iniciais quanto ao número de sedes da candidatura. A Espanha conta com 11 sedes e Portugal, três, no programa oficial a ser entregue à Fifa.

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Tendência