Connect with us

Brasil

Noite gelada em Campos do Jordão faz a alegria de turistas

PAULO EDUARDO DIAS
CAMPOS DE JORDÃO, SP (FOLHAPRESS) – Por volta das 23h, os termômetros marcavam 7° C em Campos do Jordão, o que resultou em um bom público no centro da cidade. Muitas pessoas estavam bem agasalhadas, com cachecóis e gorros na cabeça.

O rótulo de cidade para se curtir a dois podia ser notado pela quantidade de casais em restaurantes e passeando pelas ruas.
À Folha, o casal carioca Nathalia Lima e Diego Sousa, ambos de 30 anos, disseram ser a primeira vez juntos no local. Eles estavam na cidade para celebrar o aniversário de um ano de namoro e a diferença no clima entre Campos do Jordão e o Rio de Janeiro, segundo a dupla, foi o fator primordial para a escolha.

Movimento de turistas no bares e restaurantes na região de Capivari, em Campos do Jordão, quando fez 7° C Rubens “É diferente do Rio. Lá o clima é de praia, aqui é outra pegada”, disse a publicitária.

Enquanto Nathalia dizia sentir frio, seu namorado, o empresário Diego, afirmou estar “confortável”. Ele, no en..

Published

on

PAULO EDUARDO DIAS
CAMPOS DE JORDÃO, SP (FOLHAPRESS) – Por volta das 23h, os termômetros marcavam 7° C em Campos do Jordão, o que resultou em um bom público no centro da cidade. Muitas pessoas estavam bem agasalhadas, com cachecóis e gorros na cabeça.

O rótulo de cidade para se curtir a dois podia ser notado pela quantidade de casais em restaurantes e passeando pelas ruas.
À Folha, o casal carioca Nathalia Lima e Diego Sousa, ambos de 30 anos, disseram ser a primeira vez juntos no local. Eles estavam na cidade para celebrar o aniversário de um ano de namoro e a diferença no clima entre Campos do Jordão e o Rio de Janeiro, segundo a dupla, foi o fator primordial para a escolha.

Movimento de turistas no bares e restaurantes na região de Capivari, em Campos do Jordão, quando fez 7° C Rubens "É diferente do Rio. Lá o clima é de praia, aqui é outra pegada", disse a publicitária.

Enquanto Nathalia dizia sentir frio, seu namorado, o empresário Diego, afirmou estar "confortável". Ele, no entanto, estava envolto por um cachecol.

Outro casal que curtia a noite, e que tinha chegado havia pouco tempo à cidade da serra da Mantiqueira, eram os paulistanos Edmilson Pereira, 38, e Mayara Jacob, 28.

Eles deixaram Itaquera, na zona leste de São Paulo, para comemorar os três anos de relacionamento. Era a segunda vez de cada um deles na cidade.

A paisagem em Campos do Jordão estava mais verde e amarela nesta sexta-feira. Devido à participação do presidente Jair Bolsonaro (PL) em um evento com lojistas em um centro de convenções da cidade, alguns estabelecimentos penduraram bandeiras do Brasil em suas fachadas.

Mais cedo, por volta das 20h, foi possível notar algumas pessoas enroladas em bandeiras e outras com o item sobre os ombros.
No entanto, os dois casais entrevistados não sabiam da presença do presidente na cidade e se mostraram surpresos ao serem informados pela reportagem.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Covid-19: Fiocruz alerta para estagnação na cobertura vacinal

A estagnação do crescimento da cobertura vacinal contra a covid-19 na população adulta, além da desaceleração da curva de cobertura de terceira dose, é motivo de preocupação, segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O alerta faz parte da nova edição do Boletim do Observatório Covid-19, divulgado nesta quinta-feira (19).
De acordo com os dados da Fiocruz, na população acima de 25 anos, a cobertura no território nacional para o esquema vacinal completo é de 80%. No entanto, a terceira dose nos grupos mais jovens segue abaixo da média considerada satisfatória.
“A análise aponta cobertura de 63,9% na faixa etária de 55 a 59 anos, 57,9% na de 50 a 54 anos, 52,8% de 45 a 49 anos. O percentual diminui gradualmente: a partir de 40 a 44 anos é de 49,8%, de 35 a 39 anos é de 44,7%, de 30 a 34 anos é de 40,3%, de 25 a 29 anos é de 35,5%, de 20 a 24 anos é de 30,4% e de 18 a 19 anos é de 25,2%”, destacou a Fiocruz.
No período de 24 de abril a 14 de maio, o boletim sinaliza que, em relação à quar..

Published

on

A estagnação do crescimento da cobertura vacinal contra a covid-19 na população adulta, além da desaceleração da curva de cobertura de terceira dose, é motivo de preocupação, segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O alerta faz parte da nova edição do Boletim do Observatório Covid-19, divulgado nesta quinta-feira (19).

De acordo com os dados da Fiocruz, na população acima de 25 anos, a cobertura no território nacional para o esquema vacinal completo é de 80%. No entanto, a terceira dose nos grupos mais jovens segue abaixo da média considerada satisfatória.

“A análise aponta cobertura de 63,9% na faixa etária de 55 a 59 anos, 57,9% na de 50 a 54 anos, 52,8% de 45 a 49 anos. O percentual diminui gradualmente: a partir de 40 a 44 anos é de 49,8%, de 35 a 39 anos é de 44,7%, de 30 a 34 anos é de 40,3%, de 25 a 29 anos é de 35,5%, de 20 a 24 anos é de 30,4% e de 18 a 19 anos é de 25,2%”, destacou a Fiocruz.

No período de 24 de abril a 14 de maio, o boletim sinaliza que, em relação à quarta dose, na faixa etária de maiores de 80 anos é de 17,7%, de 75 a 79 anos é de 12,4%, 70 a 74 anos é de 12%, de 65 a 69 anos é de 6,4% e de 60 a 64 anos é de 3,4%.

Em relação à terceira dose, nas faixas etárias acima de 65 anos, a cobertura está acima de 80%.

Nas crianças entre 5 e 11 anos, 60% tomaram a primeira dose e 32% estão com esquema vacinal completo.

“O cenário atual ainda é motivo de preocupação. A ocorrência de internações tem sido consistentemente maior entre idosos, quando comparados aos adultos. Além disso, o surgimento de novas variantes, que podem escapar da imunidade produzida pelas vacinas existentes, constitui uma preocupação permanente”, explicam os pesquisadores da Fiocruz.

O boletim alerta que, diante da falta de incentivo do uso de máscaras como medida de proteção coletiva e a não obrigatoriedade da apresentação do passaporte vacinal, a discussão sobre a vacinação torna-se ainda mais importante.

A íntegra do último boletim pode ser acessada na página da Fiocruz na internet.

Continue Reading

Brasil

Famosos que se casaram em cartórios

Quando se trata de casamentos de celebridades, muitas vezes esperamos festas glamourosas e cheias de estrelas em locais deslumbrantes como no sul da França ou Caribe, por exemplo. Mas algumas estrelas optaram por se casar numa cerimônia muito mais discreta, em cartórios, tribunais ou na prefeitura local, com apenas algumas testemunhas ao redor.

Claro, muitas estrelas oficializaram essa cerimônia sóbria apenas para, posteriormente, organizar a enorme e luxuosa festa que todos imaginávamos, mas outros famosos ficaram perfeitamente contentes em trocar alianças silenciosamente. Clique na galeria para ver quais celebridades casaram no civil!

Published

on

Quando se trata de casamentos de celebridades, muitas vezes esperamos festas glamourosas e cheias de estrelas em locais deslumbrantes como no sul da França ou Caribe, por exemplo. Mas algumas estrelas optaram por se casar numa cerimônia muito mais discreta, em cartórios, tribunais ou na prefeitura local, com apenas algumas testemunhas ao redor.

Claro, muitas estrelas oficializaram essa cerimônia sóbria apenas para, posteriormente, organizar a enorme e luxuosa festa que todos imaginávamos, mas outros famosos ficaram perfeitamente contentes em trocar alianças silenciosamente. Clique na galeria para ver quais celebridades casaram no civil!

Continue Reading
Advertisement

Tendência

Copyright © 2022 - BILLNETWORK - Humberg Trajano - Programer