Aos 53 anos, fiscal de vigilância sanitária faz o Enem pela 2ª vez no AP para tentar cursar biomedicina

Advertisements


Benedito Vilhena é um dos 19 mil candidatos inscritos para o Enem 2021 no estado. Fiscal de vigilância sanitária Benedito Dias Vilhena, de 53 anos, faz o Enem pela 2ª vez em Macapá e sonha cursar biomedicina
Laura Machado/g1
Depois de mais de 20 anos trabalhando como fiscal de vigilância sanitária, Benedito Dias de Vilhena, de 53 anos, busca mudar de vida com o ensino superior. É a segunda vez que ele faz o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (21), em Macapá, para tentar cursar biomedicina.
Ele conta que o sonho de ser formado nesse curso se intensificou nos últimos anos, mas, por conta da rotina acelerada de trabalho e no interior do estado, não conseguiu colocar o plano fora do papel, até agora.
Estudando há um ano para o Exame, Vilhena dá exemplo de que a idade não é limitação para os estudos.
“Eu viajo muito para os interiores por conta do meu trabalho, e por isso não tinha condições de fazer o curso. Agora que eu estou aqui na cidade, vou tentar a prova esse ano. […] Estudei muito por mais de 1 ano, e as minhas expectativas são boas”, disse.
Estudantes em frente à escola José de Anchieta, em Macapá, antes da abertura dos portões
Laura Machado/g1
Enem 2021 no Amapá
Com o menor número de candidatos dos últimos 10 anos, os estudantes do Amapá encaram o Enem em dois dias: neste domingo e no próximo, dia 28 de novembro. São 19.071 candidatos confirmados.
Neste domingo, são 90 questões de múltipla escolha divididas entre linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. Os estudantes têm ainda que fazer uma redação.
RESOLUÇÃO DO ENEM 2021, AO VIVO: g1 corrige a prova a partir das 18h30 deste domingo
GABARITOS EXTRAOFICIAIS DO ENEM: Anglo e SAS corrigem as questões do 1º dia
Oito dos 16 municípios do Amapá vão receber as provas, sendo a maior concentração em Macapá, com 71,4% dos candidatos.
As provas foram mantidas na capital mesmo com os danos da forte tempestade que atingiu principalmente o Centro e Zona Sul da cidade no sábado (20). Diversas casas e vias foram alagadas, prejudicando a preparação final e o descanso de muitos inscritos. Pelo menos 7 escolas tiveram danos na capital, mas nem todas receberiam as provas do Enem.
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *