Australiano rouba localizador de tubarão-branco e aciona alarme que avisa aos banhistas que há perigo sete vezes

Advertisements


Segundo um jornal australiano, o homem obteve o localizador ao capturar por engano um tubarão branco, que ele devolveu ao mar. Imagem de 2019 de um tubarão-branco acompanhado pela mergulhadora e fotógrafa Kimberly Jeffries
Reuters
Um homem da Austrália foi acusado de roubar um chip localizador de um grande tubarão-branco e foi responsável por ativar uma série de alarmes falsos na costa oeste do país.
A polícia da cidade de Albany acusou um homem de 48 anos pelo roubo de um dispositivo de localização para notificar a presença de tubarões brancos no litoral.
Os tubarões com estes dispositivos ativam um alarme quando se aproximam de algum ponto de uma rede de 34 receptores espalhada pela costa oeste da Austrália, e os banhistas recebem um aviso.
Veja um vídeo de 2019 que mostra um tubarão-branco perseguindo um barco da polícia da Austrália.
Tubarão-branco persegue pequeno barco motorizado da polícia australiana
A polícia não divulgou detalhes, mas o jornal "West Australian" informou que o homem obteve o localizador ao capturar por engano um tubarão branco, que ele devolveu ao mar.
De acordo com o jornal, o dispositivo ativou sete vezes o alarme para tubarões entre 13 de agosto e 4 de setembro.
Leia também
Tubarão-branco gigante é filmado por mergulhadores no Havaí em aparição rara
Tubarão-branco é o terceiro maior do mundo e pode viver até os 27 anos
'A minha experiência nadando com o maior tubarão do mundo'
Veja os vídeos mais assistidos do g1Original CURIOSIDADES

" class="prev-article">Previous article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *