‘Intrigante’, ‘desgastante’, ‘tensa’, ‘complicada’: Candidatos definem em uma palavra a prova do 1º dia do Enem 2021

Advertisements


Tema da redação e nível das questões dividiram opiniões de estudantes no Recife, neste domingo (21): uns gostaram, mas outros reclamaram. Universidade Católica de Pernambuco foi um dos locais de prova do Enem 2021 no Recife
Marlon Costa/Pernambuco Press
A prova do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 dividiu as opiniões dos candidatos no Recife. Questionados pelo g1 sobre como definiriam, com apenas uma palavra, o teste realizado neste domingo (21), estudantes que responderam às questões resumiram a prova como 'intrigante', 'desgastante', 'tensa' e 'complicada'.
Os candidatos ouvidos pela reportagem fizeram o Enem no campus da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), que fica no bairro da Boa Vista, na área central do Recife. Esse local de provas foi um dos maiores entre os 820 existentes em Pernambuco.
LEIA TAMBÉM:
Universitário faz crochê enquanto espera marido acabar prova
Irmãos fazem prova no mesmo local em busca do mesmo curso
Estudante de 14 anos faz a prova para treinar
VÍDEO: candidata passa mal e é atendida por bombeiro
FOTOS: aglomeração, massagem e música no 1º dia
Estudante de escola pública, Guilherme Mora tem 19 anos e mora em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife que fica a 48 quilômetros da capital pernambucana. Ele disse que errou ao preencher a inscrição no Enem 2021, por isso precisou sair mais cedo de casa para não se atrasar.
Guilherme Andrade tem 19 anos e fez o Enem para tentar vaga no curso de administração
Luiza Falcão/g1 PE
Guilherme contou que passou o ano se dividindo entre a escola e o trabalho. Não assistia todas as aulas online por falta de computador e acredita que isso refletiu no desempenho da prova feita neste domingo (21).
"Eu não estava preparado. Minha maior dificuldade foi a redação, os demais conteúdos eu consegui fazer mais tranquilamente. Para mim, a prova foi complicada e desgastante. A redação foi mais desgastante ainda", disse Guilherme.
Gabriel Roma tem 19 anos e fez o Enem para tentar migrar da faculdade privada para a universidade pública
Luiza Falcão/g1 PE
Gabriel Roma, de 19 anos, já cursa a graduação dos sonhos dele, mas fez a prova do Enem para tentar migrar da rede privada para a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde pretende concluir o curso de ciências da computação.
"A prova foi fácil, como a prova do Enem geralmente é. A redação eu achei que não foi um tema acessível, mas, com os textos de apoio, deu para pensar bem nos textos. Resumiria a prova como 'moderada' e a redação como 'intrigante'. Eu gostei", afirmou Gabriel.
Maria de Fátima tem 23 anos e fez o Enem no Recife para tentar um desconto maior na faculdade privada
Luiza Falcão/g1 PE
Maria de Fátima, de 23 anos, trancou o curso de arquitetura no quinto período porque não tinha condições de pagar os 50% do valor que a bolsa na universidade particular não cobria. Ela espera tirar uma nota alta para conseguir a bolsa integral e retomar o curso.
"Estudei bastante, dediquei este ano só para estudar, não estava trabalhando. Eu fiquei bastante tensa, algumas partes foram fáceis, outras nem tanto, mas gostei do tema da redação. Eu resumiria a prova como 'esperada' e a redação como 'tensa'. É isso", declarou Maria.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Joyce Costa vai se mudar e precisa de uma nota do Enem atualizada para tentar terminar o curso em outra universidade
Luiza Falcão/g1 PE
Joyce Costa estuda pedagogia no Recife e está quase terminando o curso. Não quer mudar de carreira, mas precisa ter uma nota atualizada do Enem, pois está de mudança para Caruaru, no Agreste, e a instituição onde estuda não permite transferência interna.
"Eu gosto muito de fazer Enem. Já fiz quatro vezes. A prova foi legal, mas diferente dos últimos anos. Sempre achei uma prova fluida. Neste ano, ela estava com muitos textos, cansativa. Eu resumiria a prova como 'hermética'. A redação, eu nunca pensei que seria esse tema, achei 'cidadã' e gostei bastante", contou Joyce.
Naíza Campos tem 27 anos e fez o Enem pela terceira vez
Luiza Falcão/g1 PE
Naíza Campos ainda não decidiu se quer cursar administração ou nutrição. Esta é a terceira vez que a estudante faz o Enem. Para ela, a prova foi tranquila, mas a redação trouxe dificuldades que a candidata não esperava.
"Eu resumiria a prova como 'tranquila' e a redação como 'complicada', ruim de argumentar", disse Naíza.
Vídeos de Pernambuco mais assistidos
U

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *