Primeiros candidatos a terminarem Enem apontam questões complicadas e surpresa na redação: ‘Esperava algo mais atual’

Advertisements


Para os estudantes, os enunciados exigiam muito esforço para serem interpretados. Pedro Marcatto sonha em estudar literatura e prestou o Enem pela segunda vez.
Leandro Melo
Os primeiros candidatos a finalizarem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em uma universidade de Mogi das Cruzes, estavam incomodados com as questões da prova. Eles alegaram questões "mal elaboradas" e esperavam uma "redação com tema mais atual". O tema da prova este ano foi "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil".
Esse é o caso de Pedro Marcatto, que fez o exame pelo segundo ano, mas sentiu dificuldades em interpretar os enunciados. "O tema me pegou de surpresa, mas acho que eu consegui desenvolver uns argumentos bem legais. Agora as questões foi o que me pegou acredito, textos complicados", diz o candidato que sonha em estudar literatura.
Para Hiago Lopes, que finalizou a prova por volta das 16h, foi necessário prestar muita atenção nos enunciados e o tema da redação foi uma surpresa. "É algo cotidiano, que eu não esperava, imaginava algo mais relacionado à atualidade, como Covid-19. As questões também estavam mal elaboradas".
Assista a mais notícias

" class="prev-article">Previous article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *