UFFS de Chapecó divulga previsão de volta parcial de aulas presenciais a partir de novembro

Advertisements


Cursos poderão optar pela modalidade no próximo semestre, que começa em 8 de novembro. Será exigida comprovação de vacinação em toda a comunidade acadêmica. UFFS divulga calendário para retomada de atividades presenciais
O campus de Chapecó, no Oeste catarinense, da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) publicou uma resolução em que prevê a volta parcial das aulas presenciais a partir de 8 de novembro, quando o segundo semestre de 2021 inicia. O coordenador administrativo da universidade, Diego Bono, explicou que, neste primeiro momento, os cursos poderão escolher se seguem na modalidade remota ou não, por causa da pandemia da Covid-19.
Bono afirmou que, no período de rematrícula, a partir da próxima quarta-feira (27), os alunos já saberão se as aulas do curso em que estudam serão ou não remotas.
UFFS tem vagas em cursos superiores gratuitos em Erechim e Cerro Largo
Divulgação/UFFS
Um segundo período previsto pela universidade para a volta das aulas presenciais é início de fevereiro, quando a maioria dos cursos devem aderir. Tanto no caso de novembro como de fevereiro, professores que tenham comorbidades podem continuar com atividades remotas.
A universidade prevê o retorno total das aulas presenciais para abril de 2022.
Medidas sanitárias
O coordenador administrativo da UFFS destacou que as atividades presenciais serão acompanhas de medidas sanitárias para evitar o contágio do coronavírus. Será exigida a comprovação da vacinação para toda a comunidade acadêmica, que deverá ser feita no site da universidade.
Entre outras medidas sanitárias estão o distanciamento nas salas de aulas. "Vamos atuar com capacidade reduzida. As aulas que tiverem número maior de alunos do que a capacidade vão ter aulas ou remotas ou transmitidas simultaneamente", explicou Bono.
Também haverá distanciamento nas áreas de alimentação. Pessoas com suspeita ou confirmação de Covid-19 devem ser afastadas. O coordenador administrativo disse ainda que será reforçada a higienização dos espaços, exigido o uso de máscara e disponibilizado álcool em gel para que as pessoas possam fazer a higienização das mãos com frequência.
VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias
Veja mais notícias do estado no g1 SC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *